“Gato de Botas”: investimentos e aprendizagens da vida social

“Gato de Botas”: investimentos e aprendizagens da vida social

24 de abril de 2017 | Comente!

O conto “Gato de Botas” foi publicado em 1697 por Charles Perrault. Que tal explorarmos alguns dos aspectos que ele mobiliza em mais um post da nossa série sobre contos de fadas?

Como conversar com a criança que está atravessando um período de separação entre seus pais?

Como conversar com a criança que está atravessando um período de separação entre seus pais?

10 de abril de 2017 | Comente!

Nesse post convidamos você a refletir sobre este delicado período na vida de uma família e que envolve todos os seus membros em muitas dúvidas e mudanças.

Filtrando as histórias: qual o limite para os conteúdos tratados nos livros infantis?

Filtrando as histórias: qual o limite para os conteúdos tratados nos livros infantis?

3 de abril de 2017 | 2 comentários

Estar atento à essência de uma narrativa direcionada ao público infantil é necessário para que cuidemos das mensagens que chegam até os pequenos. Mas poupá-los de entrar em contato com certos conflitos e distanciá-los de uma realidade dolorosa também pode ser desvantajoso. Confira os motivos.

Que tipo de alimento estamos oferecendo às nossas crianças? Sobre a importância dos orgânicos na merenda escolar

Que tipo de alimento estamos oferecendo às nossas crianças? Sobre a importância dos orgânicos na merenda escolar

20 de março de 2017 | Comente!

No início de 2016, o prefeito Fernando Haddad assinou um decreto que regulamenta uma lei que obriga a incorporação de alimentos orgânicos ou de base agroecológica nas merendas das escolas municipais de São Paulo. Entenda o motivo dessa decisão e qual a importância desse tipo de ação, principalmente no Brasil!

Personagens com superpoderes: o que inspiram nas crianças?

Personagens com superpoderes: o que inspiram nas crianças?

15 de março de 2017 | Comente!

Você já parou para pensar por que essas figuras sobrenaturais, corajosas, responsáveis e altruístas despertam tamanho interesse nas crianças? Que tal pensarmos sobre esse fenômeno nesse post?